— Ꭺʀᴋᴀɴᴜᴍ;

OS REINOS DE ARKANUM

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

OS REINOS DE ARKANUM

Mensagem por Mestre de Arkanum em 11/1/2012, 04:24

CONSTITUIÇÃO

ARKANUM

reinos

Com o inicio da Segunda Era, Arkanum foi dividido em quatro grandes reinos. Cada um construído com base em uma raça diferente, sempre seguido os padrões de seus líderes, porém, ainda não o suficiente para impedir a mistificação de raças. Alomoju, Arkanatus, Ashtae e Onidura fincaram suas estruturas em torno do Castelo de Elrond, crescendo cada uma a sua maneira e com crenças e métodos de vida diferentes. O Lendário castelo tornou a capital da Terra Mágica, tornando-se também a sede do Conselho Místico, formado pelos líderes dos quatro reinos. Porém, mesmo com todas as diferenças, todos mantinham seus olhos voltados a Elrond, o que agora era símbolo de grande temor. Estaria no famoso lugar o futuro da sociedade arkaniana?

ASHTAE:

Localizada ao sul de Elrond, Ashtae foi fundada por Damian Calignus, seu primeiro rei, o qual anos mais tarde, passou o trono para sua filha, Alexandra Calignus. Sendo criado com base na crença dos elfos, Ashtae cresceu com base na lealdade, união e sabedoria. Sobre o governo de Damian prosperou, mantendo-se do fruto de seu cultivo. O povo de Ashtae também se especializou em edificações, tornando-os famosos por suas construções.

ALOMOJU:

Ao leste de Elrond surgiu Alomoju. Fundada por August St Johnson, o qual governo em seu inicio, passando o trono para seu filho August II. Alomoju teve suas origens com base nas leis dos homens. Considerada uma raça inferior, o que não era de toda verdade, os cidadãos de Alomoju eram conhecidos por sua desconfiança e intolerância, sempre ignorando os forasteiros. A mesma razão os levou a se especializar em combate, sendo o berço de grandes artesões de armas, não importando o tipo, passando anos mais tarde a exportar suas armas para toda Arkanum. Também se especializou em combates militar, formando exímios guerreiros em todas as áreas de combate.

ONIDURA:

No oeste nasceu Onidura, fundada pelo mago Dimitrid Merac, um sábio com conhecimentos ilimitados, motivo o que fez dele rei de Onidura. Fortificou-se com base na cultura, incentivado os mais jovens a estudar, pensando assim em um futuro estável. Sua biblioteca era famosa por toda Arkanum, sendo o único lugar com registros a Guerra Mística além de Elrond. Onidura foi o berço de grandes gênios e filósofos, além de inventores, responsáveis pela criação de diversas engenhocas com o intuito de beneficiar o reino, essas que mais tarde foram exportadas por toda Arkanum. Onidura também desenvolveu sua economia através da natureza, sempre vivendo dos produtos de sua terra. Era a maior responsável pela exportação de alimentos pelo resto do mundo, além de seu vinho ser considerado o melhor dentro os quatros reinos. Por acharem que seus poderes vinham da natureza, os magos a preservavam de todas as formas que podiam, sempre buscando meios para não danificá-la. Onidura era o reino mais passivo de toda Arkanum.

ARKANATUS:

O reino mais misterioso dentre os quatro, não se sabe quando e quem o fundou. Localizado ao norte de Elrond, seguia os mandamentos dos vampiros, raça de sua rainha, Amanda Vladisk, filha mais velha de Boris.  Viveu em paz por muitos anos, porém, fora tomado pela arrogância, se dividindo então em dois grupos. Os seguidores da rainha seguiam suas leis, conforme ensinada pelo lendário Dom Vladisk, enquanto o outro grupo, liderado por Katharine Von Liechy, pregava a soberania da raça, querendo assim tomar o controle de toda Arkanum e poder alimenta-se do sangue humano. Essa divisão de nada ajudou, apenas levou o reino à miséria e a uma guerra política, sendo palco de diversas batalhas e confrontos envolvendo seus próprios cidadãos, tendo vezes inclusive de o Conselho Místico ter que intervir.

ELROND:

No centro de Arkanum jaz o lendário Castelo, palco da maior guerra já existente na Terra Mágica. Também serviu de lar para os Guardiões Místicos, ficando por séculos de porta fechada, apenas alimentando a imaginação dos arkanianos. Na Segunda Era tornou-se a capital de Arkanum e sede do Conselho Místico, o qual reunia os quatros governantes e mais Vito Vladisk, chefe do conselho e novo General dos Guardiões Místicos, patente que herdou de seu pai. Porém, o jovem jamais gostou da presença dos quatros reis em sua moradia, sempre alimentou o desejo de reerguer as tropas que um dia seu pai comandou motivo que o tornava um ser não confiável pelos demais membros do conselho, com exceção de sua irmã. Vito carregava junto a sua alma os resquícios da alma de Stephan, seu tio, sendo um sujeito passível de se tornar o novo Mestre das Trevas. Ao que dizia a profecia, Vito era o ser mais poderoso de Arkanum, o único que seria capaz de por um fim a uma Segunda Guerra Mística, trazendo assim uma terceira era, esta que tanto podia ser governada pela luz, ou pelas trevas.


avatar
Mestre de Arkanum
Entities
Entities

Mensagens : 280
Data de inscrição : 10/01/2012

Perfil de Guerreiro
Player:
Raça:
Pontos de Vida:
10000/10000  (10000/10000)

Ver perfil do usuário http://arkanumrpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum